Resenha: Um mundo brilhante

by - segunda-feira, abril 16, 2012

Oi, gente! Vamos a resenha de hoje? Desculpem pela péssima atualização do blog, mas está difícil pra postar regularmente! Estamos em semana de prova e trabalhando muito :(

Um mundo brilhante - T. Greenwood

Sinopse: Quando o professor Ben Bailey sai de casa para pegar o jornal e apreciar a primeira neve do ano, ele encontra um jovem caído e testemunha os últimos instantes de sua vida. Ao conhecer a irmã do rapaz, Ben se convence de que ele foi vítima de um crime de ódio e se propõe a ajudá-la a provar que se tratou de um assassinato. Sem perceber, Ben inicia uma jornada que o leva a descobrir quem realmente é, e o que deseja da vida. Seu futuro, cuidadosamente traçado, torna-se incerto, pois ele passa a questionar tudo à sua volta, desde o emprego como professor de História, até o relacionamento com sua noiva. Quando a conheceu, Ben tinha ficado impressionado com seu otimismo e sua autoconfiança. Com o tempo, porém, ela apenas reforçava nele a sensação de solidão que o fazia relembrar sua infância problemática. Essa procura pelas respostas o deixará dividido entre a responsabilidade e a felicidade, entre seu futuro há muito planejado e as escolhas que podem libertá-lo da delicada teia de mentiras que ele construiu. Esta, enfim, é uma história fascinante sobre o que devemos às pessoas, o que devemos a nós mesmos e o preço das decisões que tomamos.

Começo essa resenha dizendo que o livro não foi o que eu esperava. Quero dizer, achei que algo de chocante iria acontecer, ou que o desfecho seria mais intrigante. Só que não foi.

O personagem principal é bem interessante, só que ele não me cativou, juntamente com a história. Se o mistério tivesse se resolvido de uma maneira mais intrigante o livro teria causado um efeito diferente em mim. Não gosto de livros que podemos prever, e foi exatamente o que aconteceu com este aqui.

No entanto, eu gostei de alguns pontos. Por exemplo, o fato de o personagem principal, Ben, ir a fundo o livro todo e se meter em encrenca apenas para ajudar o jovem morto e não desistir até resolver o caso. Ele também se envolve com a irmã do assassinado, para - inicialmente - desvendar o crime. Mas as coisas vão saindo do controle e Ben começa a ter sentimentos por ela. Só que ele tem uma mulher. Qual vai ser o desfecho disso? Vai ficar com a mulher ou se aventurar num novo romance?

A autora faz várias metáforas, gostei bastante disso no livro. Tem muitas frases geniais, anotei todas. A leitura não é muito rápida, mas vale a pena levar um tempinho a mais para terminar o livro. Disse no começo que me decepcionei com o livro, mas não me arrependo de tê-lo lido. Gostei muito da importância que a autora deu aos crimes feitos contra os índios. Poucas pessoas mostram como é isso de verdade nas nossas vidas, então foi um ponto positivo para o livro.

E vocês, o que acharam do livro?

You May Also Like

3 comentários

  1. Parabéns pela resenha meninas! Estou ansiosa para ler Um Mundo Brilhante! Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Estou lendo O Mundo Brilhante no momento e estou gostando da história. O que tem me atraído mais não é nem a história do crime e tal, mas sim as dúvidas e tormentas do protagonista.

    Bj
    escrevendoloucamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. It might be troublesome firstly however with time, you're going to get used to it. Let's say, your profitable target is $500, when you reach that amount you should to} cash out the money. You know, generally a streak is a streak, and it doesn't mean it will repeat once more. Slots are a fantastic type of leisure, and should you follow all of this 포커 recommendation find a way to|you possibly can} learn to play smarter and have greater payouts. Your wager quantity must be only a small portion of your bankroll. If you hit your restrict find a way to|you possibly can} turn to free play games and nonetheless have enjoyable with out jeopardizing your cash.

    ResponderExcluir