A culpa é das estrelas

by - terça-feira, fevereiro 12, 2013

Resenha: A culpa é das estrelas - John Green


Sinopse: Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.








A divulgação feita desse livro foi imensa, quase todos os blogs devem ter feito resenha de A culpa é das estrelas, mas é uma obra tão magnífica que o GêmeasThings simplesmente tinha que deixar sua impressão sobre o livro também. No facebook vivem postando quotes e fotos do livro, então a curiosidade para lê-lo só foi aumentando.

Porém, ao saber do que o livro tratava, eu desanimei um pouco. Quero dizer, uma personagem com uma doença terminal, quão clichê pode ser? Mas tudo bem, resolvi dar uma chance. As pessoas não poderiam estar tão maravilhadas se o livro fosse tão comum, certo?



Livro bom e digno do nosso cantinho dos preferidos na estante (sim, nós temos) é aquele que mesmo tendo chegado ao fim, continua a ecoar em nossas mentes. Com A culpa das estrelas aconteceu isso. É aquele livro que te marca, que faz você questionar tudo a sua volta. A brevidade da vida, a magia do amor e a força dos nossos sonhos. John Green escreve de uma maneira diferente, nada de chiclê e situações que já conhecemos. 

Nas últimas 50 páginas, eu já não enxergava mais nada, de tantas lágrimas nos olhos. Há muito tempo não me emocionava tanto com um livro. O amor dos dois só me faz querer sentir isso. O amor. O amor de verdade, aquele que sentimos apenas uma vez na vida. 

Amei a tatuagem com a frase do livro! Procurei no Google e achei essa imagem. Créditos a pessoa que a tirou ;)


 A quantidade de detalhes na escrita enriqueceu muito o livro, tornando-o impossível de largar. Com certeza é um must read, virou um dos meus preferidos! Estou louca para ler Quem é você, Alasca?, do mesmo autor, virei fã de carteirinha dele.

Fica a dica de um livro tocante, emocionante e incrível. Espero que vocês tenham a chance de ler A culpa é das estrelas, vocês não vão se arrepender!


You May Also Like

15 comentários

  1. Meninas! Realmente todos estão comentando e falando coisas maravilhosas sobre esse livro! Ainda mais pela dica de vocês, mal posso esperar para lê-lo!
    E só pra finalizar... ''alguns infinitos são maiores que outros''
    A.M.E.I.

    XOXO

    ResponderExcluir
  2. Muuuuuuuuuuuuuito muito bom! ADOREI!

    ResponderExcluir
  3. Oi meninas

    Acabei de ler esse livro uns dias atrás e ainda estou a pensar nele. É aquele tipo de livro que nem sabemos como descrever de tão bom que é. Chorei em várias partes do livro, ri em outras. Gostaria de poder expressar o que senti ao ler o livro mas palavras parecem faltar. É um livro maravilhoso, muito lindo e triste. Simplesmente magnifico, faz nos questionar muito acerca das nossas prioridades na vida. Espero que todos leiam essa obra de arte :')

    ➸ http://malucosdaleitura.blogspot.pt/

    xoxo ❤

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela resenha meninas! Estou ansiosa para ler A Culpa é das Estrelas! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu li e amei. Aqui em casa todos leram e não teve nenhjm que amasse menos.

    Adorei a resenha e a foto!!

    Parabéns.

    Bjkas

    Alessandra Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Sem palavras para descrever o quanto amei esse livro! Perfeito, meninas! Que bom que gostaram :D
    Beijos
    Jéssika

    ResponderExcluir
  7. Puxa, todos estão falando desse livro, tenho que ir logo!
    Será que vira filme? Espero que sim, com certeza vou gostar do livro, acho que vou comprar em breve rsrs Não estou me aguentando de curiosidade.
    O blog está lindo, amei as fotos do post, girls.
    byee

    ResponderExcluir
  8. Meninas!
    Já queria ler antes, agora com a sinopse mais ainda! Impressionante, só vocês mesmo conseguem fazer isso comigo, hahaha!
    Já está na minha lista de PRÓXIMO, ok?
    Continuem trazendo novidades da literatura!

    Beijoss

    ResponderExcluir
  9. Oi, eu gostaria muito de ler o livro, mas não queria ficar chorando durante a leitura, não hehehe
    Visitei o blog do autor e assisti alguns vídeos, ele é bem cômico.
    Adorei a resenha, muito bem escrita.
    Beijinhos
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Gostei especialmente do seu comentário sobre a escrita ser detalhada, característica que adoro. Ainda não li o livro, mas você pode imaginar minha curiosidade, dado o número de resenhas tão positivas que tenho lido nos últimos meses. Além disso, o tema me chama muito a atenção.

    Bj
    Livro Lab

    ResponderExcluir
  11. Adorei seu blog..
    Passa lá.
    www.vilarejoliterario.blogspot.com.br
    :)

    ResponderExcluir
  12. Livro muito bom!
    Tipo quando acabei queria mais e mais.
    Obrigada pela indicação.
    E parabéns pelo blog =)

    ResponderExcluir
  13. já encomendei o meu exemplar (e "O Teorema Katherine") pelo Submarino - só esperando chegar. parece ser realmente muito bom, só vejo elogios nos mais diversos blogs literários. o restante do John Green ("Looking for Alaska", "Paper Towns" e "Will Grayson, Will Grayson") pedi no The Book Depository mesmo.
    até mais, garotas! sucesso para vocês!

    ResponderExcluir
  14. At the heart of all trendy slot machines is a pc chip referred to as the Random Number Generator . This device replaces the unique 토토사이트 spinning wheel present in playing machines from the primary half of the 20th century. The RNG is capable of continuously generating 1000's of random numbers and, within the case of the three-reel slot, 1000's of three-number mixtures each second . Each of these three numbers within the combination serves to designate the place the reels will stop. Herbert S. Mills further perpetuated the popularity of the Bell machines.

    ResponderExcluir