Resenha: Reconstruindo Amelia

domingo, outubro 12, 2014

Reconstruindo Amelia - Kimberly McCreight


Sinopse: Kate Baron, uma bem-sucedida advo­gada, está no meio de uma das reuniões mais importantes de sua carreira quando recebe um telefonema. Sua filha, Amelia, foi suspensa por três dias do Grace Hall, o exclusivo colégio particular onde estuda. Como isso foi acontecer? O que sua sensata e inteligente filha de 15 anos poderia ter feito de errado para merecer a punição? Sua incredulidade, no entanto, vai aos poucos se transformando em pavor ao deparar, no caminho para o colégio, com um carro de bombeiros, uma dúzia de policiais e uma ambulância com as luzes desligadas e portas fechadas. Amelia está morta. Aparentemente incapaz de lidar com a suspensão, a garota subiu no telhado e se jogou. O atraso de Kate para chegar a Grace Hall foi tempo suficiente para o suicídio. Pelo menos essa é a versão do colégio e da polícia. Em choque, Kate tenta compreender por que Amelia decidiu pôr fim à própria vida. Por tantos anos, as duas sempre estiveram unidas para enfrentar qualquer problema. Por que aquele ato impulsivo agora? Suas convicções sobre a tragédia e a pró­pria filha estão prestes a mudar quan­do, pouco tempo depois do funeral, ela recebe uma mensagem de texto no celular: Amelia não pulou. Alternando a história de Kate com registros do blog, e-mails e posts no Fa­cebook da filha, Reconstruindo Amelia é um thriller empolgante que vai surpreender o leitor até a última página.

A história com esse livro foi engraçada. Eu tinha começado a ler, mas a leitura não me empolgou tanto, e para ser honesta eu estava cansada de ler sobre temas pesados. Mas depois vi ele em minha pilha de livros para ler e resolvi dar outra chance. Fico feliz de ter dado, pois não conseguir parar de ler.

Reconstruindo Amelia conta a história de Kate, mãe de Amelia, e Amelia. Tudo começa quando Kate recebe a triste notícia de que Amelia se matou. A partir daí, Kate vê sua vida acabada. Mas a esperança ressurge assim que ela recebe uma mensagem em seu celular, dizendo que Amelia não pulou. Ela tenta de todos os jeitos descobrir o que realmente aconteceu no telhado da escola, porque tem certeza de que sua filha não se matou. Ela vai juntando as peças e tentando descobrir tudo que estava acontecendo antes de Amelia se matar. Com a ajuda de um detetive, ela encontra pistas e percebe que realmente não conhecia sua filha.

O livro alterna na mente de Kate e Amelia, assim, temos uma visão 360º dos acontecimentos. O mais legal dessa tática é que prende o leitor, pois você fica ansiosa para voltar a ler o capítulo de uma das duas, para descobrir o que aconteceu.

E todo o mistério que envolve a morte de Amelia é mais profundo do que pensávamos. Me surpreendi demais com a história, nunca imaginei o que aconteceria no final. E a gente passa o livro todo querendo que Amelia volte a viver. Isso que é o mais frustrante do livro todo, porque sabemos que ela está morta, mas vamos nos apegando a ela. 

Como fã de um bom thriller, achei que Reconstruindo Amelia não desapontou, muito pelo contrário, me surpreendeu. Para uma leitura que não havia me empolgado, gostei e fiquei muito feliz de ter dado outra chance. 

Uma boa dica para quem gosta de livros misteriosos!


Leia também

0 comentários