Resenha: A Química - Stephenie Meyer

by - terça-feira, novembro 22, 2016


Sinopse: Ela trabalhava para o governo americano, mas poucas pessoas sabiam disso. Especialista em seu campo de atuação, era um dos segredos mais bem guardados de uma agência tão clandestina que nem sequer tinha nome. E quando perceberam que ela poderia ser um problema, passam a persegui-la. A única pessoa em quem ela confiava foi assassinada. Ela sabe demais, e eles a querem morta. Agora ela raramente fica em um mesmo lugar ou usa o mesmo nome por muito tempo.Até que um antigo mentor lhe oferece uma saída — uma oportunidade de deixar de ser o alvo da vez. Será preciso aceitar um último trabalho, e a única informação que ela recebe a esse respeito só torna sua situação ainda mais perigosa. Ela decide enfrentar a ameaça e se prepara para a pior batalha de sua vida, mas uma paixão inesperada parece diminuir ainda mais suas chances de sobreviver. Enquanto vê suas escolhas se evaporarem rapidamente, ela vai usar seus talentos como nunca imaginou. Uma trama repleta de tensão, na qual Meyer cria uma heroína poderosa e fascinante, com habilidades diferentes de todas as outras, e prova mais uma vez por que seus livros estão entre os mais vendidos do mundo.  


Uau, nunca pensei que voltaria a ler um livro da Stephenie Meyer. Isso porque depois de A hospedeira, jurava que ela ficaria reclusa igual a J.K.Rowling. Mas fico tão feliz em poder ler uma obra inédita da Stephenie, afinal de contas foi por causa dessa autora que comecei a ler livros.

A Química já prende pela sinopse. Eu AMO livros de espionagem/suspense, e confesso que logo liguei o livro ao seriado Homeland, um dos melhores que assisti. Conspiração, governo, agências que, em tese, não existem, alvos que na verdade não são alvos... tudo isso é muito fascinante! E se tem alguém que prende o leitor, esse alguém é Stephenie Meyer.

Cada dia a personagem principal se chama de um nome, numa tentativa de jamais ser encontrada pela agência que a quer morta. Ela está fugindo há três anos, após seu mentor ser morto sorrateiramente. Mas um e-mail a atinge e, para que ela fique livre para sempre, precisa salvar o mundo.  

O mais legal de tudo é que a gente nunca sabe quando a agência dela está dizendo a verdade. Você vai do começo até o final do livro descobrindo segredos, desconfiando de todos e jamais imaginando o verdadeiro alvo da Química - como ela era conhecida na agência, por ser ótima em torturas com injeções!

O livro é cheio de ação, fuga, explosões! E, é claro, tudo muito bem detalhado - às vezes, até demais haha. Vejo facilmente A Química se tornando filme ou uma série da Netflix, porque realmente prende o leitor.

Para mim, o ponto negativo de A Química foi o romance, que poderia ter acontecido no final do livro, ou nem ter acontecido. O mais interessante no livro é a personagem, e não o casal. Na segunda semana que estão juntos, o mocinho da história já diz que a ama, isso desmotiva a leitura, essa pressa em fazer as coisas acontecerem. Enfim, relevei essa parte e avaliei o livro como um todo, e no geral é muito bom e tem tudo para cativar os leitores.

Fico feliz que Stephenie Meyer tenha voltado e espero poder ler mais livros dela. Para mim, o melhor é A Hospedeira! Alguém aí já leu?  

Ah, também gravei um vídeo da resenha para quem preferir assistir, confira:



Nos encontre nas redes sociais:
         Facebook Twitter - Instagram 

You May Also Like

5 comentários

  1. Meu Deus, eu estou desesperada por esse livro.
    Já faz tempo que li A Hospedeira e é de longe o meu livro favorito!!!!
    Tô só esperando chegar pra começar a devorá-lo :D
    Adorei a resenha e espero gostar tanto quanto A Hospedeira :)
    palavrasinquebraveis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oiii Monique

    Fico super feliz com a volta da Stephanie, quem não conhece Crepusculo né? Acho que foi o incentivo de muitos pra começar na leitura. Acho demais a autora inovar, mudar de genero, de estilo e arrasar. Parabens pra ela por sair do mesmo, pelo visto esse ano foi o ano em que muitas autoras consagradas se arriscaram mais em outros generos e fico feliz com isso.
    Esse livro quero muito ler, tem uma pinta ótima.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  3. Estou muito curiosa pra ler esse livro! Adoro essa temática!!

    ResponderExcluir
  4. "jurava que ela ficaria reclusa igual a J.K.Rowling" ???? No período em que a Meyer escreveu um livro, a J.K. Rowling lançou Os Contos de Beedle, o Bardo, Morte Súbita, O Chamado do Cuco,O Bicho-da-Seda, Vocação Para o Mal e ainda escreveu 2 roteiros de Animais Fantásticos.

    ResponderExcluir
  5. acabei de ler o livro há uns dias e adorei! nunca tinha lido um livro da SMeyer portanto não tenho como comparar com outros. mas a história é interessante e a personagem principal é fantástica!!!

    ResponderExcluir